Crescem as contratações de antecipação de 13º salário e de restituição de IRPF pelo celular no BB


O crédito para antecipação de restituição de Imposto de Renda e para antecipação de 13° salário têm crescido de forma notável pelo aplicativo do BB. No primeiro caso, a evolução já chega a 120% na comparação com 2016. Já para antecipação de 13° salário, o crescimento é de 50%. Com isso, o canal se mostra como um importante complemento à atuação da rede BB.

Mais de R$ 400 milhões em antecipação de IRPF
Desde o início de março, quando a linha de antecipação de restituição de Imposto de Rende Pessoa Física (IRPF) foi reaberta, já foram contratadas 169 mil operações, num total de R$ 408 milhões. A média é de R$ 2,4 mil por operação. As operações via mobile representam 13% em volume, num total de R$ 55 milhões e crescimento aproximado de 120% em relação ano passado. É possível antecipar até 100% do valor do crédito a ser restituído, limitado a R$ 20 mil, com taxas de juros a partir de 2,11% a.m, até 4,18%. O pagamento é realizado somente na data do crédito da restituição ou no vencimento do contrato, que será no dia 15 de janeiro de 2018, o que ocorrer primeiro. As contratações podem ocorrer, até o dia 30 de setembro, via Aplicativo BB para celulares e tablets, via internet e também nos terminais de autoatendimento, na Central de Atendimento BB e nas agências do Banco em todo o país por correntistas com limite de crédito aprovado e que tenham indicado o Banco do Brasil para recebimento da restituição.

R$ 1,3 bi em antecipação de 13° salário no BB
Em 2017, mais de 660 mil clientes contrataram R$ 1,3 bilhão em antecipação de 13° salário, linha que o BB ofertada, de forma ininterrupta, durante o ano todo, para clientes que recebem salário pelo BB. O limite máximo é de R$ 20 mil por operação e as taxas variam de acordo com o perfil de relacionamento do cliente com o Banco e do convênio firmado com o empregador.

Crédito responsável
As linhas de antecipação são boas alternativas para amortizar dívidas com taxas de juros maiores sem impacto no orçamento mensal do cliente. Em média, 65% dos clientes que contratam linhas de antecipação utilizam o crédito para quitar ou amortizar compromissos financeiros com taxas de juros maiores, a exemplo do cheque especial ou rotativo do cartão de crédito.


Sesap divulga nota com orientações sobre riscos com chuvas intensas  

Com o objetivo de sensibilizar a vigilância em saúde dos municípios para orientar a população sobre os riscos e agravos decorrentes de chuvas intensas, provocados por enchentes, inundações, enxurradas, alagamentos e deslizamentos, a Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental (Suvam) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) lançou uma nota técnica informativa com recomendações.

Neste período de chuvas, algumas consequências ambientais e socioeconômicas podem surgir como contaminação da água, alimentos e solo, o que reforça a importância das ações de vigilância nos municípios.

Doenças como leptospirose, hepatites A e E, gastroenterites agudas causadas pela ingestão de água ou alimentos contaminados, além do tétano acidental e febre tifóide, causada pela salmonella typhi – bactéria encontrada nas fezes de animais – podem ser evitadas tomando o cuidado de não manter contato com águas sujas de alagamentos e, caso necessário, utilizar botas de borracha e luvas, ou sacos plásticos para manusear objetos que tenham sido atingidos pelas águas contaminadas com esgoto, lixo, produtos químicos e outras impurezas presentes nas áreas urbanas e rurais.

Também recomenda-se que seja tomado cuidado com a presença de animais venenosos e peçonhentos (cobras, aranhas, escorpiões), devendo verificar roupas e calçados antes de usar; não tocar nesses animas mesmo que estejam ou pareçam mortos, e em caso de se deparar com pessoas que tenham sofrido acidente com estes tipos de animais, encaminhar o acidentado para socorro médico urgente, tentando identificar o tipo de animal para que se administre o antídoto específico.

A água para consumo humano deve ser filtrada utilizando filtro doméstico, fervida ou tratada com hipoclorito de sódio a 2,5%, que é distribuído pelo Ministério da Saúde. Para cada litro de água adicionar duas gotas de hipoclorito.

Vigilância de Desastres

Na Sesap o Programa de Vigilância de Desastres (Vigidesastres) tem como principal objetivo desenvolver um conjunto de ações intra e inter setoriais a serem adotadas continuamente pelas autoridades de saúde pública para reduzir a exposição da população e dos profissionais de saúde aos riscos de desastres e também reduzir doenças e agravos decorrentes destes eventos.

Em caso de desastres, o primeiro contato deve ser realizado com a Defesa Civil do município/Estado, e os demais órgãos são acionados à medida que as demandas relacionadas às suas atribuições vão surgindo. Os telefones da Defesa Civil do Estado do RN são: 3232-5155 / 98117-4849 / 98114-6294

Com média de 500 denúncias por mês, Disque 181 é importante ferramenta de combate ao crime

Uma das principais ferramentas da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed)  no combate ao crime, o Disque Denúncia 181 tem recebido um grande fluxo de informações e conseguido resultados importantes, graças ao apoio da própria população.

Cerca de 500 denúncias chegam pelo serviço todos os meses, o que tem resultado em aproximadamente 20 prisões mensais – como de foragidos da Justiça e traficantes – além da apreensão de drogas, armas e veículos.

Ao ligar para o Disque Denúncia, o popular não precisa de nenhum tipo de identificação. A informação recebida pelo atendente é enviada para o setor de inteligência das forças de segurança do Estado, que irá analisar a veracidade dos dados repassados. Dependendo do teor do que foi repassado, os policiais que estão trabalhando nas ruas são acionados.

Vale salientar que, por ser um canal exclusivo para receber denúncias – as ocorrências e emergências devem ser dirigidas para o 190 – o 181 tem um horário de funcionando restrito, das 6h até a meia noite.

Contamos com a ajuda da população para utilizarmos essa importante ferramenta que é o 181. As denúncias estão ajudando na elucidação de vários crimes”, enfatizou a secretária de Segurança e Defesa Social, Sheila Freitas.

Outro fator importante é que a população evite a realização dos chamados trotes. Para se ter uma ideia do problema, contando com as 500 denúncias mensais, o Disque 181 recebe uma média de 2500 ligação todos os meses. As outras 2 mil estão divididas entre pedido de informações, registro de ocorrências e principalmente os trotes, que acabam congestionando as linhas, o que faz com que pessoas que queiram passar informações importantes para a Sesed, desistam. Além disso, as forças de segurança ‘perdem tempo’ com essas situações, quando podiam estar focadas em situações reais.

Intervenções no Trânsito da BR 101 Nessa 6ª Feira e no Domingo 16

COMUNICADO DE UTILIDADE PÚBLICA (NATAL)

A Cosern comunica que, para realizar a reposição de uma linha de média tensão que cruza a BR 101 nas proximidades da passarela de Neópolis, Zona Sul de Natal, será necessário fazer, com apoio da Polícia Rodoviária Federal, pequenas intervenções no trânsito  do local na próxima 6ª feira (14) e no domingo (16), nos seguintes horários:

6ª feira (14), das 5h às 7h da manhã: interdição total da marginal direita da BR 101 no sentido Natal/Parnamirim, entre a passarela de Neópolis e a Rua Reitor Onofre Lopes, para realizar troca de poste (veja detalhe em amarelo no mapa em anexo).

Domingo (16), das 5h30 às 6h30 da manhã: interdição do trânsito nos dois sentidos da BR 101, incluindo as duas marginais, entre a passarela de Neópolis e a Rua Reitor Onofre Lopes, para realizar travessia de cabos desenergizados entre os dois lados da via. Nesse dia e horário, as interrupções do trânsito serão realizadas de forma escalonada pela PRF, de forma a evitar a menor retenção possível de veículos.

Nos dois casos, a Cosern informa que NÃO HAVERÁ interrupção no fornecimento de energia elétrica no local e pede a compreensão da população para a necessidade de realização dessa obra em dias e horários que causem o menor transtorno possível ao trânsito.

Projeto da Cosern que reutiliza carretéis de madeira ajudou a preservar mais de 1 500 árvores em 8 anos

A área de Suprimentos e Logística da Cosern comemorou no final do mês de junho a marca de 1.584 árvores preservadas (ou seja, sem necessidade de ser derrubada e transformada em carreteis de madeira que transportam os cabos de energia utilizados pela Distribuidora) com o projeto Logisverde.

A iniciativa, lançada em 2009 pelo Grupo Neoenergia, consiste na reutilização das estruturas de madeira, recolocando-as novamente na cadeia produtiva com o auxílio da chamada logística reversa. Após o uso, os carretéis são desmontados, embalados e revendidos pela Cosern aos fornecedores.

Até junho, 17.781 bobinas deram entrada na Cosern e 4.753 carreteis foram devolvidos às empresas fornecedoras. Considerando que para produzir cada bobina é necessária a derrubada de 03 árvores com média de vida de 20 anos, a preservação foi de 1.584 espécies vegetais.

Além da redução no corte de árvores para a produção industrial das bobinas, o Logisverde diminui os riscos ambientais que outros fins dados às peças de madeira representam. Como parte dos carretéis é tratada com produtos químicos para ampliar sua durabilidade e resistência, a transformação em mesas para serem usadas em residências ou restaurantes pode trazer riscos à saúde e o descarte direto na natureza, por sua vez, pode contaminar solos e rios.

Com esse projeto, o Grupo Neoenergia já reutilizou cerca de 42 mil bobinas e preservou 13.954 árvores. O modelo de negócio do projeto exigiu uma adequação nos instrumentos contratuais, pois os fornecedores passaram a ser obrigados a apresentar propostas de preço também para a aquisição das bobinas, após o uso. O valor arrecadado com a venda das bobinas, cerca de 1% do valor da aquisição dos condutores, serve para custear os gastos do programa.

PENHOR DA CAIXA MOVIMENTA R$ 7,2 BILHÕES NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017

Número representa crescimento de 11,3% em relação ao mesmo período do ano passado

O Penhor da CAIXA movimentou R$ 7,2 bilhões em novos contratos e renovações no primeiro semestre de 2017. O número representa uma expansão de 11,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo o superintendente nacional de Pessoa Física da CAIXA, Lessandro Werner Thomaz, o Penhor da CAIXA é ideal para quem necessita de empréstimo rápido e fácil. “É uma linha de crédito sem burocracia, pois dispensa avaliação de risco de crédito”, diz Lessandro.

A pessoa que possuir um bem confeccionado em ouro, prata, diamantes, pérolas, relógio ou canetas de valor poderá levar a joia para uma avaliação especializada na CAIXA, em uma das 466 agências que operam o Penhor em todo o Brasil, e receber o dinheiro na hora.

Com taxa de 2,10% a.m., o Penhor da CAIXA pode ser renovado quantas vezes o cliente quiser. O empréstimo poderá chegar até 100% do valor do bem para clientes com conta salário na CAIXA e relacionamento com o banco. Depois de quitar o contrato, o cliente recebe seu bem de volta.

Para consultar as agências que operam com penhor, acesse o site da CAIXA, no endereçowww.caixa.gov.br/penhor.

11/07/2017
Assessoria de Imprensa da CAIXA
(84) 3203-9114
comunicacao.rn6236@caixa.gov.br

Central de Transplantes do RN tem 296 pacientes na lista de espera

A coordenadora Central de Transplantes do RN, Raissa de Medeiros Marques, apresentou os dados mais recentes da lista ativa de espera para transplante no Estado, que totaliza 296 pacientes, dos quais 151 aguardam o transplante renal. As estatísticas foram apresentadas durante a audiência pública realizada na manhã desta terça-feira (11), na Assembleia Legislativa. O debate foi proposto pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza e marcou o lançamento da campanha “Doe órgãos. Salve vidas”.

“A principal causa apontada de recusa das famílias à doação é o desconhecimento em vida do desejo de doar seus órgãos por parte do falecido, bem como outros fatores culturais, religiosos. Para rever essa realidade, são necessários apenas dois passos. O primeiro passo é, seja um doador. O segundo, avise a sua família”, explica a coordenadora.

O RN realiza hoje transplantes de rim e córnea. Até o ano passado também transplantava medula óssea. No primeiro quadrimestre de 2017 foram feitos 100 transplantes no Estado. Os números superam as parciais para o mesmo período de 2016, quando foram registrados 65 transplantes.

A lista ativa de espera para transplante no Estado totaliza 296 pacientes, liderada pela espera por transplante renal, com 151 pacientes. Os transplantes de córnea e medula óssea aparecem em seguida, com 123 e 22 pacientes, respectivamente. Quase metade das famílias de potenciais doadores de órgãos no RN se recusa a liberar a doação, índice que chega, atualmente, a 42%.

A campanha será veiculada em mídias tradicionais, digitais, móveis e fixas, como outdoors e back bus (ônibus), explicando como pode ser feita a doação, quando é indicado e orienta a família com informações que ajudam a desmistificar o tema, como a aparência física após o procedimento e os custos para arcar com a doação, que não existem.