Fenômeno da ‘lua azul’ pode ser observado no céu desta sexta-feira

Um fenômeno meteorológico conhecido como ‘lua azul’ ocorrerá nesta sexta-feira (31), mas se engana quem pensa que a ocorrência se refere à cor do astro. O termo se refere à segunda lua cheia em um mesmo mês, quando ela completa sua órbita antes do fim do calendário. Neste mês de agosto tivemos uma lua cheia no dia dois e ela reaparece nesta noite.

Esse fenômeno ocorre porque o período de fases da Lua dura 29,5 dias, enquanto o nosso mês, exceto em fevereiro, dura 30 ou 31 dias. Assim, cada ano em um calendário solar, contém quase 11 dias a mais que o ano lunar. Por isso, quando a primeira lua cheia aparece no começo do mês, há a possibilidade de completar o ciclo antes do fim do calendário.

Embora não seja um fenômeno especialmente raro, ocorrendo em uma média de cada três anos, o fenômeno é celebrado por sua poesia, como louva o astrônomo Julio Lobo. “Não há nenhuma mudança particularmente significante associada a esse evento, mas as luas cheias são bonitas de se ver, instigam romance e sensações de bem estar”, afirma ele, “Por isso é sempre especial quando temos mais que uma”.

De acordo com o astrônomo, a última lua azul ocorreu em 31 de dezembro de 2009 e a próxima irá ocorrer em julho de 2015. Já em 2018, o fenômeno deve ser duplicado: ao invés das 12 luas cheias que geralmente ocorrem, o ano terá 14. Isso acontece quatro ou cinco vezes a cada século.

O termo foi registrado pela primeira vez em um panfleto de 1524. Desde então, a expressão ‘uma vez a cada lua azul’ (once in a blue moon), passou a significar uma ocorrência rara. “Na idade média os cavalheiros costumavam cortejar as damas falando isso: me casarei com você em uma lua azul. Ou seja, papo-furado não é uma coisa recente”, brinca Lobo.

Cor rara
Embora a lua azul não seja colorida, luas azuis existem, mas são uma ocorrência bem mais incomum. Cinzas vulcâncias e fogos florestais podem tornar a lua colorida. As partículas das cinzas e da fumaça concentrada tem um diâmetro de 1 micron, tamanho que ajuda na dispersão da luz vermelha e amarela. Segundo informações da  Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (em inglês NASA) dos Estados Unidos, a concentração das partículas pode deixar até mesmo o sol com uma aparência mais acizentada, ou violeta.

Uma das últimas luas realmente azuis a serem registradas ocorreu após a erupção do vulcano Krakatoa, na Indonésia, em 1883. Considerada a maior erupção vulcânica da história moderna, despejou poeira na atmosfera equivalente a uma explosão de 100 milhões de toneladas de dinamite, ou a uma bomba nuclear de 100 megatons. O impacto foi tamanho que, anos após a erupção, a lua ainda apresentava um tom azulado. Não há, porém, previsão de que o fenômeno se repita. “A menos que o mundo realmente acabe em 2012, as chances são mínimas”, corrobora o astrônomo.

Comemoração
Em homenagem à noite de lua azul, o Observatório Municipal de Campinas irá abrir para visitação nesta sexta, com uma programação especial. Um filtro especial será colocado em um dos telescópios, permitindo ao público observar como seria uma lua verdadeiramente azul. Além disso, a noite contará com uma apresentação musical de Phelipe Angneli, tocando um instrumento musical conhecido como “hang”. A professora Beatriz Gratti também explicará a mitologia que circunda a lua, como os mitos gregos de Diana Artemísia, e recitará poemas de Homero que louvam o astro. O grupo “Amigos do Céu” também montará telescópios no local.

A apresentação terá início às 18h e seguirá até as 21h. A entrada custa R$ 4 para adultos e R$ 2 para crianças. A recomendação é de que as pessoas se agasalhem bem por causa da baixa temperatura noturna na região. A expectativa é de que mais de 200 pessoas compareçam. O Observatório situa-se no Monte Urânia, na Serra das Cabras, Distrito de Joaquim Egídio.

Fonte.G1

Anúncios

Consumidor poderá receber carro reserva em caso de demora no conserto

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 3847/12, do deputado Wilson Filho (PMDB-PB), que obriga as montadoras de veículos a fornecer carro reserva caso o automóvel do cliente fique parado por mais de 48 horas por falta de peças originais ou caso não seja possível a realização do serviço no prazo contratado. O fornecimento do carro, similar ao do cliente, deverá ser feito por meio das concessionárias ou importadoras da marca.

O único requisito é que o veículo esteja na garantia. A empresa que descumprir a medida poderá ser punida com base no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90). As penas incluem, por exemplo, a cassação da licença do estabelecimento ou da atividade.

Wilson Filho observa que, apesar de estabelecer regras para proteger o consumidor nos casos de conserto de um produto, o código não especifica uma solução para o tempo em que o cliente fica sem esse produto à espera da reparação.

“Em relação aos veículos, que são caros e em muitos casos essenciais para a vida do consumidor, somente as regras gerais do código não são suficientes. Elas não obrigam o fornecedor a indenizar ou compensar o consumidor quando ele ficar sem seu automóvel durante o conserto”, diz o deputado.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara

Frente Evangélica não vai aceitar a legalização do aborto, diz Magno Malta

Frente Evangélica não vai aceitar a legalização do aborto, diz Magno Malta

Frente Evangélica não vai aceitar a legalização do aborto, diz Magno Malta

Durante um reunião ocorrida nesta quinta-feira (30) entre a Frente Parlamentar Evangélica e o relator da proposta de reforma do Código Penal (PLS 236/12), senador Pedro Taques (PDT-MT), o senador Magno Malta (PR-ES) garantiu que os parlamentares evangélicos não vão aceitar qualquer tentativa de legalizar o aborto no Brasil.

“Nós não vamos negociar esse tema. Não atentaremos contra a natureza de Deus. Se Deus determina a vida e a ele cabe o porquê de todas as coisas, não cabe a nós questioná-lo”, afirmou.

O senador evangélico também debateu sobre a possibilidade de legalizar a posse de drogas, uma proposta que tem como objetivo não mais tratar como criminoso o indivíduo que for pego com uma quantidade de drogas e alegar que é para consumo próprio.

Na visão de Magno Malta a população é quem vai acabar perdendo com tal medida: “Estamos combatendo o tabagismo e as grandes indústrias estão perdendo lucro. A maconha, se legalizada, será industrializada. É preciso ter em vista quem ganhará com a legalização das drogas, porque a população em geral só tende a perder”.

Outro tema que não poderia deixar de ser debatido foi a criminalização das manifestações contra a homoafetividade. Em outras oportunidades o senador capixaba já se manifestou contra propostas como o PL 122/2006 que torna crime emitir opiniões contrárias a homoafetividade.

“Devo aos homossexuais o meu respeito e não sou homofóbico. Agora é preciso ficar claro que a televisão ridiculariza o tempo todo os homossexuais. Agora vai um pastor falar mal dos homossexuais. É preciso ter liberdade de expressão”, disse ele.

Menino de 11 anos é ordenado pastor nos EUA

Menino de 11 anos é ordenado pastor nos EUA

Menino de 11 anos é ordenado pastor nos EUA

Com apenas 11 anos de idade foi ordenado como ministro em Washington, nos Estados Unidos. O menino agora é pastor na igreja de sua família se tornando um dos mais jovens pastores americanos.

Em entrevista o garoto conta que prefere aprender sobre as coisas de Deus do que jogar vídeo game ou ficar trocando mensagens no celular, atitudes comuns dos meninos da sua idade.

De acordo com a BBC Brasil, Izekiel não é um jovem muito popular, ele relata que seus amigos não o procuram mais porque o acham “estranho”.

Mesmo gerando tanta surpresa, a unção de crianças não é novidade nos Estados Unidos, um ex-pastor tem estudado o fenômeno e garante que desde o século 18 houve pelo menos 500 casos de crianças pregadoras.

Vitima foi espancada e quase era morto em assalto que rendeu 7 reais em Caicó

Passados uma semana, o Queijeiro Carlos Dias (FOTO), residente na Rua Aurino Ribeiro, Bairro Alto da Boa Vista, ainda tenta se recuperar de uma covarde agressão sofrida na madrugada da ultima Sexta-Feira onde ele foi brutalmente espancado e quase acabou assassinado.
“O motivo desta covardia foi um assalto que rendeu 7 reais em dinheiro para um menor que praticou o crime”

 

A nossa reportagem esteve na manhã de hoje (sexta-feira) na casa de Carlos Dias e ele nos contou os momentos difíceis que está passando apos sofrer uma covarde agressão e quase perder a vida.

 

Carlos Dias sofreu graves lesões na região do rosto e foi encaminhado para Natal com suspeita de traumatismo craniano devido as graves agressões sofridas por ele e acabou sendo constatado que a vitima sofreu fraturas na região do rosto e vai ter que ser submetido a intervenção cirúrgica em Natal,  no qual,  inclusive ele está precisando de ajuda financeira realizar o procedimento cirúrgico na Capital do Estado.
A Policia Militar conseguiu identificar o autor do grave crime e descobriu que se tratava de um menor de idade que se passou por “amigo” da vitima e inclusive apos agredí-lo chamou os Bombeiros e demostrando frieza ainda acompanhou a sua vitima até o Hospital Regional do Seridó.
Já identificado, o menor foi ouvido na Delegacia Especial de Atendimento ao Adolescente (DEA)e demostrando frieza confessou o crime e acabou sendo colocado em liberdade como manda a lei.  A Delegada Drª Dulcineia Costa realizou todos os procedimento cabíveis e dada a gravidade do caso decidiu solicitar da justiça a internação do menor no  CEDUC,  pedido este que ainda não foi respondido pela justiça.

CORAL DA SESAP SE CLASSIFICA PARA PARTICIPAR DE FESTIVAIS NO PAÍS

O Coral Vozes da Vida e Saúde, formado por servidores da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) foi classificado para participar até o final de ano em 4 importantes festivais de corais e música no país.

 

Criado há seis meses, O Coral faz parte de um projeto de Cantoterapia desenvolvido pelo Programa de Qualidade de Vida “Saber Viver”, que tem como objetivos principais, a qualidade de vida dos servidores, a inclusão social e a humanização nos processos de trabalho. São cerca de 75 componentes, que compõem o grupo.

 

O Coordenador do Coral e também servidor do estado há 30,anos, Marcelo Pereira, é licenciado em Música pela UFRN, bacharel em Música Terapia pelo Conservatório Brasileiro de Música e Pós-Graduado em Música  pela UFPI. Para ele, a experiência tem servido para um crescimento pessoal e em grupo.

 

“Essa relação com os outros coralistas servirá  para o nosso amadurecimento enquanto grupo, o que será interessante também no processo terapêutico de uma relação mais próxima”, disse o coordenador.

 

Os integrantes do Coral Vozes da Vida e Saúde embarcam no dia 19/09 para João Pessoa (PB) e no dia 23 para Belo Horizonte, onde participarão do Festival internacional de Música, no mês de outubro será a vez do II Cantaju, em Aracaju e em novembro, vão até a cidade brasileira das serenatas, Conservatória(RJ) para uma apresentação especial.

 

No repertório bem eclético, com vários estilos, os potiguares levam na bagagem a música regional, o samba, MPB e músicas internacionais, que fizeram sucesso.

 

“Em nossas apresentações levaremos a alegria e a força dos potiguares acompanhadas do prazer em cantar”, afirmou Marcelo Pereira.

 

Programação:

 

19/09- Festival Paraibano de Corais- João Pessoa (PB)

23/09 a 28/09- Festival Internacional de Música(MG)

18/10- II Cantaju – Aracaju (SE)

23/11- Conservatória (RJ)

Nutricionistas do CRI ensinam culinária funcional

A equipe de nutricionistas do Centro de Reabilitação Infantil (CRI) comemorou o Dia do Nutricionista, 31 de agosto, de uma forma diferente, na qual pacientes e acompanhantes foram presenteados com uma aula de culinária funcional, ministrada no refeitório do Centro.

Foram preparadas cinco receitas funcionais: bolo de cenoura, ricota caseira, patê de ovo, tapioca com aveia e suco de maracujá com limão. Além de aprender as receitas, os participantes puderam degustar os pratos e receber uma cartilha com as receitas, o rendimento e os custos.

“Percebemos que mesmo ensinando as receitas, as pessoas acabam não fazendo em casa, daí surgiu a ideia de fazer a degustação e, através do cálculo do rendimento e dos custos, mostrar que são receitas gostosas, fáceis de fazer e acessíveis às famílias”, explica a nutricionista Caroline Dias.

Cerca de 80 pessoas participaram do evento, idealizado pela equipe de nutricionistas do CRI como forma de ajudar o público presente a preparar receitas simples utilizando alimentos de baixo custo financeiro e alto valor nutricional. “O bolo de cenoura, por exemplo, teve um custo total de R$2,53 e rendimento de 12 fatias”.

Servidores do HMWG aprendem sobre Gastronomia Hospitalar

No Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) o Dia do Nutricionista será comemorado com a apresentação da palestra “Gastronomia Hospitalar”, que será exposta pela nutricionista Annamaria Nóbrega, às 15h, no auditório do hospital. Durante a exposição, alunos da UNI farão a medição do IMC (Índice de Massa Corpórea) dos funcionários. Após a palestra será servido um lanche para os participantes.