Versão irônica da Bíblia divide opinião de religiosos

“Deus e o diabo fizeram uma aposta louca”, é assim que começa a história de Jó no livro “God Is Disappointed in You”, uma Bíblia irônica ilustrada que foi lançada durante a Comic-Con 2014 que acontece em San Diego, nos Estados Unidos.

O livro é assinado por Mark Russell e ilustrada pelo cartunista Shannon Wheeler. A ideia do livro nasceu durante um bate papo entre os autores, como eles explicaram em entrevista ao portal UOL.

“Estávamos em um bar e o Shannon me disse que não entendia essa história. Aí eu expliquei para ele em poucas palavras”, disse Russell.

O livro traz o resumo dos 66 livros da Bíblia e todos possuem uma ilustração. No caso de Jó, Deus e o diabo estão sentados na mesa. No livro de Salmos, o Rei Davi aparece tocando um violão e o livro começa dizendo que ele era o mais famoso tocador de harpa da história.

A forma como os autores transcreveram a Bíblia desagradou diversos religiosos, tanto que na porta do evento alguns deles protestaram contra o livro, mas há alguns pastores que entenderam que a obra não tem o objetivo de ridicularizar a fé cristã.

“É um livro que promove o diálogo, e muitos religiosos não estão abertos a isso”, disse o pastor batista Mike Parnell que participou de um debate sobre o livro durante a Comic-Con. “Eu vejo por meio desse livro o que muitas pessoas se recusam a ver. A igreja tem machucado muita gente ao longo dos anos. E esse não é nosso papel. A igreja é um local de acolhimento e amor”, disse ele ao UOL.

Russell espera pelas críticas, mas se surpreendeu ao ver que muitos religiosos estavam procurando o livro para presentear amigos que não leriam a Bíblia tradicional.
“O importante é que as pessoas entenderam que não estamos ridicularizando as escrituras, mas tornando-as acessíveis para religiosos e não religiosos com uma linguagem contemporânea”, afirmou Wheeler.

Anúncios

Número de pastores candidatos cresce 40% nestas eleições

Muitos líderes religiosos, evangélicos e católicos, tentarão cargos políticos nas eleições de 2014. Serão 270 candidatos que se declaram pastores, 32 bispos e 16 padres segundo um levantamento realizado pelo portal UOL com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O número de pastores é 40% maior que nas eleições de 2010, já o número de bispos e padres diminuiu 25% e 30% respectivamente em relação as eleições passadas.

Esses religiosos tentarão cargos de deputado estadual e federal, além da inédita candidatura à Presidência do Brasil feita pelo Pastor Everaldo Pereira, do Partido Social Cristão (PSC).

Por falar em PSC, a legenda – que tem o pastor Marco Feliciano como um dos principais nomes – lidera na indicação de sacerdotes. No total são 37 pessoas com cargos eclesiásticos que tentaram se eleger.

O PT lidera na quantidade de padres filiados, são cinco no total. Em seguida está o PC do B com três padres filiados. No TSE não há candidatos que adotaram em seus nomes de campanha os cargos de rabino ou imã.

Membros de religiões afro-brasileiras também terão seus representantes da política, há pelo menos dez candidatos de diversos estados brasileiros tentando vagas como deputados estaduais e federais se identificando no nome de urna como Pai ou Mãe de santo.

São Paulo do Potengi inaugura Serviço de Atenção Especializada

Foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (30) mais um Serviço de Atenção Especializada (SAE) no Rio Grande do Norte. A 5ª Região de Saúde que já dispõe do serviço em Santa Cruz, passa a contar com a assistência as pessoas que vivem com o HIV/aids também no Município de São Paulo do Potengi.

A responsável técnica pelo Programa Estadual de DST Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Sônia Cristina Lins, explicou que o SAE é de gestão municipal e irá atender também aos demais municípios da região do Potengi. “Nós parabenizamos e agradecemos a parceria com o município de São Paulo do Potengi em fazer parte desta rede integrada, que só é possível com o compromisso de gestores e profissionais na resposta ao HIV/Aids e Hepatites Virais no RN”, disse.

A implantação deste serviço faz parte das ações do planejamento do Programa Estadual de DST Aids e Hepatites Virais que busca apoiar tecnicamente a gestão municipal em uma proposta de agenda programada e continuada, focando na qualificação dos profissionais e proporcionando a melhoria do acesso e diagnóstico precoce do HIV Aids e Hepatites Virais.

Atualmente a rede estadual para diagnóstico do HIV e Assistência às Pessoas Vivendo com HIV/Aids conta com 12 Serviços de Atenção Especializada, localizados nos municípios de Natal (2), Santa Cruz (2), São José de Mipibú (1), Macaíba (2), São Gonçalo (1), Caicó (1), Pau dos Ferros (1) São Paulo do Potengi (1) e Parnamirim (1), além de negociações para implantação de mais dois serviços, em Assú e Mossoró, ainda em 2014. A rede também dispõe de um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), em Mossoró, e dois hospitais de referência, Giselda Trigueiro, em Natal, e Rafael Fernandes, em Mossoró.

De acordo com Sônia Cristina Lins, “a Sesap vem investindo na capacitação de profissionais e infraestrutura dos SAE’s e também dos hospitais. Além disso, estamos implantando testes rápidos para diagnóstico do HIV, sífilis e hepatites virais em todas as maternidades do estado para reduzir a transmissão vertical do vírus, que ocorre da mãe para o bebê no parto e amamentação. Também estamos incentivando a descentralização dos Testes para as regionais de saúde e apoiamos as ações Municipais a realizar a ação ‘Fique Sabendo’ em todos os seus eventos”, pontua.

Começa hoje matrícula dos aprovados na 1ª chamada do Sisutec

Os candidatos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) têm entre esta quarta-feira (30) e a sexta-feira (1º) para fazer a matrícula e garantir a vaga em cursos técnicos gratuitos oferecidos pelo sistema.

A matrícula deve ser feita na própria instituição onde os aprovados farão o curso. Consulte a lista de selecionados.

A segunda chamada vai ser divulgada em 5 de agosto. O início das aulas ocorre entre os dias 18 de agosto e 15 de setembro.

No total, a edição deste semestre oferece 247.888 vagas em instituições privadas (IES e escolas técnicas); 10.457 em escolhas públicas (institutos federais, escolas técnicas vinculadas às universidades federais e escolas estaduais e municipais) e 30.996 no Sistema S (Senai e Senac). Todos os cursos, porém, são gratuitos.

Segundo o MEC, 85% das vagas do Sisutec são destinadas a candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsistas. Apenas estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013 puderam fazer inscrição no site.

Neste semestre há vagas para o Sisutec em todos os estados brasileiros, sendo que a maior parte está concentrada em São Paulo (79.274 vagas), em Minas Gerais (40.112) e no Rio Grande do Sul (20.527).

Os principais cursos técnicos ofertados nesta edição são técnico em logística (40.712 vagas), em segurança do trabalho (29.397), em enfermagem (25.557), em informática (21.819) e em edificações (9.171).

O Sisutec reúne vagas para cursos de ensino técnico tanto na rede pública quanto na privada. No caso da rede particular, se contemplado, o aluno terá bolsa de estudo. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013. Para concorrer, o aluno não pode ter tirado zero na redação.

Fonte: Nominuto.com

Papa visita igreja pentecostal e pede perdão pela perseguição

O papa Francisco esteve nesta segunda-feira (28) visitando a Igreja Evangélica da Reconciliação em Caserta, na Itália. Esta foi a primeira vez que um líder da Igreja Católica visitou uma igreja pentecostal.

Antes de falar aos 350 fiéis evangélicos, Francisco se reuniu privadamente com o pastor Giovanni Traettino, de quem é amigo há muito tempo.

Ao iniciar seu discurso aos evangélicos, o líder católico pediu perdão pela perseguição católica durante o regime fascista na Itália (1922-1943) que impedia que os protestantes praticassem sua fé.

“Entre os que perseguiam e denunciavam pentecostais, quase como se fossem pessoas loucas tentando destruir a raça [humana], haviam também católicos”, disse Francisco.

Tomando pra si a responsabilidade de se desculpar, o papa pediu para que os pentecostais perdoassem os católicos. “Eu sou o pastor dos católicos e peço perdão por aqueles irmãos e irmãs católicos que não compreenderam e foram tentados pelo Diabo”.

Em seu discurso o papa voltou a defender a unidade entre as igrejas cristãs e afirmou que muitos se surpreenderiam com a visita dele a uma igreja evangélica, mas para ele a visita é como “visitar seus irmãos”.

papa francisco em igreja pentecostal Papa visita igreja pentecostal e pede perdão pela perseguição

“O Espírito Santo cria diversidade na igreja. A diversidade é bela, mas o próprio Espírito Santo também cria unidade, para que a igreja esteja unida na diversidade que é reconciliadora”. Com informações G1 e Folha de SP.

Estado Islâmico explode túmulos de profetas bíblicos

O grupo extremista muçulmano Estado Islâmico (ex-ISIS) tomou conta da região na fronteira entre Iraque e Síria. Em Mosul, cidade que foi construída no local da Nínive bíblica, se encontram alguns locais que são considerados importantes por judeus e cristãos.

Ali se encontra o túmulo do profeta Jonas (Nabi Younis em árabe), que ficava em uma mesquita, pois muitos islâmicos também o consideravam profeta, pois é mencionado no Alcorão. Os militantes do Estado Islâmico tinham quebrado o local, alegando que era uma forma de idolatria. Agora, fecharam todas as portas da mesquita de Nabi Younis e impediram a entrada de fiéis para orar. Colocaram explosivos e destruíram totalmente o local.
Segundo testemunhas, demorou cerca de uma hora para que o local estivesse totalmente destruído.  De acordo com a rede Al-Arabiya, o túmulo de Jonas foi edificado no século VIII aC. As agências de notícias iraquianas relatam que o local foi totalmente renovado na década de 1990 pelo ditador Saddan Hussein. Também foi divulgado que outros santuários da cidade foram destruídos, uma mesquita que abrigaria o túmulo do profeta Daniel. Embora não seja mencionado no Alcorão, também é um profeta reverenciado pelos muçulmanos.

O terceiro túmulo explodido foi um que pertenceria a Sete, filho de Adão. Diferentemente dos outros, este era um local sem comprovação histórica, tendo histórias semelhantes em outros locais do Oriente Médio.

A questão principal é a demonstração de poder por parte do Estado Islâmico, que expulsou milhares de cristãos da região, praticamente acabando com o cristianismo no local.  O IE já explicou que irá impor a sharia (lei islâmica).

Após terem decretado o ressurgimento do califado e sua cruzada para unir todos os muçulmanos do mundo, o ISIS tem crucificado cristãos rotineiramente, destruído suas igrejas e oferecido recompensas para quem entregar os pastores e missionários que vivem no norte do Iraque. A ONU denunciou que o grupo ordenou que todas as mulheres entre 11 e 46 anos sejam submetidas a mutilações genitais.

Além de destruir museus, mesquitas xiitas e túmulos no território sob seu domínio, o Estado Islâmico prometeu erradicar os sítios arqueológicos importantes. A área em torno de Mosul, sede atual do ISIS, abriga 1.791 sítios arqueológicos, incluindo ruínas de quatro capitais do império assírio. A cidade foi local de diversas batalhas bíblicas do Antigo Testamento e, de acordo com a tradição judaica e cristã, foi fundada pelo bisneto de Noé, Nimrode. Com informações The Guardian, Virtual Jerusalém e Huffington Post.

Veja p video

A única solução pra crise em Gaza é a destruição de Israel, afirma aiatolá

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, afirmou que a única solução para a região é a destruição de Israel. Disse ainda que o confronto armado deve se expandir para além de Gaza e que o exército iraniano poderia destruir o sistema de defesa antimísseis de Israel, chamado de Cúpula de Ferro.

A guerra em Israel já matou mais de mil palestinos e dezenas de israelenses. A ONU exigiu um cessar-fogo, mas o Hamas, que controla Gaza tem violado todas as tentativas nesse sentido nas últimas semanas.

“Estes crimes estão além da imaginação e mostram a verdadeira natureza do regime de lobos e assassinos de crianças, (cuja) única solução é a sua destruição”, afirmou o aiatolá, a Agência de Notícias Fars. O vice comandante da Guarda Revolucionária do Irã prometeu iniciar uma vingança contra Israel.

“Vocês [povo de Israel] são árvores sem raízes, que foram plantadas em terras islâmicas pelos britânicos”, disparou o general Hossein Salami.  Esta afirmação se refere à Declaração de Balfour, que iniciou o desmantelamento do Império Otomano depois a Primeira Guerra Mundial e resultou posteriormente na criação do Estado de Israel, em 1948.

“Vamos persegui-los de casa em casa e vingar cada gota de sangue derramado de nossos mártires da Palestina”, prosseguiu Salami.  Lembrou ainda uma declaração do aiatolá Ruhollah Khomeini, fundador do regime islâmico iraniano.  “Imã [Khomeini] afirmava que Israel deve ser varrido da face da Terra, assim deu uma verdadeira mensagem para o mundo.  Esta mensagem iluminou os muçulmanos e torna-se um conceito nas ruas da Síria, do Líbano e da Palestina”.

Além disso, ameaçou: “O fim do regime sionista chegou. Os movimentos islâmicos estão armados, os mísseis estão posicionados…   Estamos confiantes de que as promessas de Alá se tornarão realidade e, no fim do mundo o islã será o cemitério dos Estados Unidos e as políticas do regime sionista, juntamente com seus aliados na região.  A bandeira do Islã será levantada”.

O Irã passa por um delicado processo de negociação com os EUA e recebeu 2,8 bilhões de dólares pelo alívio das sanções impostas pela ONU e a administração Obama. Em troca ofereceria em Genebra a busca de uma solução pacífica para o seu programa nuclear irregular.

O governo iraniano não se manifestava tão fortemente contra Israel desde março do ano passado, quando Khamenei ordenou que todas as forças armadas do regime islâmico se preparassem para uma guerra iminente. Afirmava que Israel estava prestes a atacá-los e por isso convocou todos os muçulmanos para se unirem a eles na “última guerra”.

Alirezza Forghani, chefe-estrategista de Khamenei, divulgou em 2012 um relatório onde mostrava que poderiam “varrer Israel do mapa” em apenas 9 minutos. A manobra militar atacaria os distritos com elevada taxa de população. Os mísseis Shahab 3 seriam responsáveis por matar 60% da população judaica na primeira investida.

Posteriormente, seriam disparados todos os mísseis Sejil a partir de Teerã, tendo como alvo as usinas nucleares em Dimona e Nahal Sorek. Mais tarde, os mísseis iranianos seriam lançados sobre a infraestrutura básica do Estado judeu: aeroportos, usinas de força e instalações de tratamento de água. Por fim, mísseis Ghadar seriam usados para destruir os assentamentos humanos. Com informações de Agência Fars e Daily Caller.