Relatório aponta avanços na Gestão da II Ursap no quadriênio 2011-2014

Documento foi apresentado na reunião da Comissão Intergestores Regional(CIR)com servidores e Secretários Municipais de Saúde

 

 “Os indicadores de saúde da II Unidade Regional de Saúde (Ursap) apresentaram melhoras significativas durante a atual gestão que se encerra este mês”. A declaração é da coordenadora da Comissão Intergestores Regional (CIR) da 2ª Região de Saúde e gerente da II Ursap, Iranilde Oliveira Campos, durante a apresentação do Relatório de Gestão (2011/2014), na 46ª Reunião Ordinária do Colegiado, realizada em Mossoró, na manhã desta segunda-feira (22). O encontro reuniu gestores da II Ursap, profissionais de saúde e secretários municipais de saúde da região.

Dentre os avanços registrados pelo Relatório, um total de 3.490 profissionais foram capacitados sendo 712 em 2011; 785 em 2012; 1.153 em 2013 e 840 em 2014. Em se tratando de agravos de notificação compulsória o estudo mostra os seguintes dados: 2.776 em 2009; 3.466 em 2010; 8.351 em 2011; 7.611 em 2012 e 5.516 em 2013. De acordo com o Relatório, o número de estudantes examinados para o tracoma foram os seguintes: 3.901 em 2011; 2.692 em 2012; 2.940 em 2013 e 6.482 em 2014.

Ao fazer um balanço da gestão, a assistente social, Iranilde Oliveira, disse que um dos resultados positivos da regional, este ano, foi da Unidade Descentralizada de Agentes Terapêuticos (Unicat) de Mossoró, cujo trabalho recebeu o reconhecimento do Tribunal de Contas da União (TCU). “A eficiência do trabalho foi elogiada pelo TCU que deu ciência à Sesap de que a UNICAT/Mossoró realiza consulta aos usuários do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) sobre a qualidade dos atendimentos prestados naquela unidade, o que caracteriza uma boa prática, passível de ser replicada nas outras unidades”, explica Iranilde.

Outro tema discutido durante a reunião foi a “A cartografia e o Reconhecimento Geográfico como Ferramentas da Saúde Pública”, tendo como expositor, José Walter Correia da Silveira – Responsável pelo Setor de Cartografia da II Ursap.

Na oportunidade foram apresentados ao Colegiado os novos secretários municipais de Saúde, Alderi Fernandes de Souza, de Messias Targino, e Roberta Fernandes da Silva, do município de Caraúbas. Roberta Fernandes da Silva é assistente social e ex-gerente da II Ursap.

Os secretários de saúde foram alertados pela coordenadora Iranilde Oliveira Campos para o fato de que o Brasil enfrentará o primeiro verão com dengue e febre chikungunya. “Pela primeira vez na estação, dengue e febre chikungunya circulam juntas pelo país. As doenças têm sintomas parecidos e são transmitidas pelo mesmo mosquito. O comportamento do aedes aegypti, transmissor da dengue e da febre chikungunya, tende a se intensificar em períodos de temperaturas mais altas e de muita chuva”, explica a coordenadora.

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s