Papa condena a perseguição religiosa durante missa de Natal

A missa desta quinta-feira (25) reuniu cerca de 80 mil pessoas na Praça São Pedro, em Roma, para ouvirem o discurso de Natal do Papa Francisco.

O líder da Igreja Católica aproveitou o momento para condenar a violência contra cristãos e a perseguição religiosa no mundo pedindo, principalmente, pelo fim dos atentados contra crianças.

Francisco comparou quem maltrata crianças com Herodes, pedindo paz para todas as áreas que estão em conflitos como Iraque, Síria e outras regiões do Oriente Médio que sofrem com conflitos étnicos e religiosos como os bombardeios entre palestinos e israelenses.

Os países africanos também foram lembrados pelo Papa, principalmente a Nigéria que está refém do grupo extremista Boko Haram, além de países como Líbia, Sudão e Congo. Falando sobre a África, o religioso aproveitou o momento para agradecer aos voluntários que se arriscaram para combater o vírus ebola.

A missa terminou com o Papa desejando um feliz Natal a todos, depois de pedir a paz e enviar a bênção Urbi et Orbi, que é a bênção sagrada dada pelo líder católico sempre na Páscoa e no Natal. Com informações Jornal Nacional.

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s