Assembleia de Deus protesta contra 50 Tons de Cinza

Cerca de 200 membros da igreja Assembleia de Deus em Erechim, Rio Grande do Sul, protestaram na tarde da segunda-feira (16) contra o filme “Cinquenta Tons de Cinza”.

Os religiosos participavam de um congresso durante o feriado de Carnaval que discutia temas como sexualidade saudável, pureza e romance. No fim da palestra os participantes, a maioria jovens e adolescentes, resolveram sair às ruas da cidade para protestar contra os ensinamentos do filme, baseado no bestseller de E.L. James.

“Acho que esse filme vai destruir muitos jovens”, disse o pastor Geraldino Junior. “Eu não acho que é saudável como o filme apresenta uma mulher depois da relação, jogada no chão sangrando de machucada. Fica aqui então nossa crítica através da nossa visão de sexualidade”.

“Cinquenta Tons de Cinza” conta a história de um homem milionário que se relaciona com uma jovem sem autoestima que aceita ser dominada sexualmente por ele. O personagem principal da trama é Christian Grey, praticante de sadomasoquismo que inicia Anastasia Steele na prática.

Mas não são só os religiosos que estão criticando o filme, a trilogia foi bastante criticada por especialistas literários. Apesar do sucesso com o público de todo o mundo, E.L. James chegou a ser citada como autora do “pior livro da história”. Movimentos que lutam pela igualdade de gêneros também criticam a obra por incentivar a submissão da mulher. Com informações G1

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s