Sesap comemora Dia Mundial de Prevenção da LER/DORT

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), realiza nesta sexta-feira (27), das 9h às 12h, no auditório da Sesap, um evento para marcar o Dia Mundial de Prevenção da Lesão por esforço repetitivo (LER) e dos Distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT), celebrado em 28 de fevereiro.

Os dois termos referem-se a um conjunto de doenças que atingem músculos, tendões, nervos e articulações dos membros superiores (dedos, mãos, punhos, antebraços e braços) e, eventualmente, os membros inferiores e coluna vertebral. Decorrem de sobrecarga do sistema músculo-esquelético, o qual é exigido por tempo prolongado, não tem tempo de se recuperar e acaba se desgastando, causando dor e fadiga no corpo, manifestadas através de crises dolorosas, que são aliviadas através de medicação e práticas complementares, como acupuntura e fisioterapia.

A partir das 9h vão acontecer palestras relacionadas ao tema da LER/DORT, sessões de ginástica laboral, além da apresentação de um relatório com o número de casos dessas doenças já notificados pela Sesap. Participam do evento procuradores, juízes do trabalho, sindicalistas e profissionais da área de saúde.

As LER/DORT são reconhecidas como doenças do trabalho, tanto pelo SUS (Portaria 1339/GM/99, como pelo INSS (Anexo II, Decreto 3.048/99). As maiores causas são o ritmo de trabalho, as pressões por produtividade, principalmente aos que trabalham em setores operacionais, e o trabalho extenuante, sem pausas, com movimentos repetitivos e várias horas em posições desconfortáveis. Os trabalhadores mais acometidos desses agravos são os bancários, operadores de telemarketing, caixas de supermercados, comerciários, motoristas, costureiras e digitadores.

“A prevenção só ocorrerá se esses fatores de risco forem enfrentados através de ginástica laboral, mudanças de mobiliário e com palestras educativas, como também, e fundamentalmente, com a participação dos gestores numa política de saúde do trabalho da empresa. Para tanto, os trabalhadores devem ter como objetivo o controle do seu ritmo de trabalho, eliminando os riscos como posturas incorretas e afins, ajustados às características individuais de cada um, como temperatura, ruído e iluminação adequados”, explicou Daniella de Oliveira, subcoordenadora do CEREST.

PROGRAMAÇÃO:

9H – ABERTURA

9H15 ÀS 9H45 – LER/DORT: ASPECTOS CONCEITUAIS E FISIOPATOLÓGICOS – DR. HENRIQUE SANTOS – MÉDICO DO TRABALHO DO CEREST ESTADUAL

9H45 ÀS 10H – GINÁSTICA

10H ÀS 10H30 – PAPEL DA FISIOTERAPIA NOS ANTENDIMENTOS E RECUPERAÇÃO DE LER/DORT – MARIANA ALMEIDA – FISIOTERAPEUTA DO CEREST REGIONAL NATAL

10H30 ÀS 11H – GINÁSTICA LABORAL

11H ÀS 11H30 – APRESENTAÇÃO DAS NOTIFICAÇÕES DE LER/DORT NO SINAN – EDMILSON CASTRO – TÉCNICO DO CEREST ESTADUAL

11H30 ÀS 12H – DEBATE E ENCERRAMENTO

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s