Bombeiros da Força Nacional já realizaram cerca de 17 mil ações no litoral do RN  

Desde dezembro de 2014, quando iniciou a Operação Verão, o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) tem contado com o reforço da Força Nacional de Segurança Pública nas ações preventivas e de salvamento aquáticos no litoral potiguar. Neste período, compreendido entre o dia 5 de dezembro de 2014 e 29 de abril deste ano, os Guarda-vidas da Força Nacional realizaram um total de 16.925 ações de prevenção, busca e salvamento, sendo 14.421, orientações, 2.349 advertências, 86 salvamentos e 69 ocorrências diversas.

Durante uma reunião, realizada nesta semana, com a secretária estadual da Segurança Pública e da Defesa Social, Kalina Leite, o Comandante da Operação da Força Nacional no Rio Grande do Norte, o Major do Corpo de Bombeiros do estado de Alagoas, Luciano Almeida de Melo Virtuoso, disse que as praias onde ocorreram maiores necessidades de intervenções por parte da Força Nacional foram as mais frequentadas por turistas, como a Praia do Amor, a 80 quilômetros da capital, onde foram registrados 22 salvamentos aquáticos. Logo em seguida estão às praias de Tibau do Sul e do Forte, ambas com 11 salvamentos e praia de Genipabú com 10 registros. É importante ressaltar que este ranking estão contabilizadas apenas as praias atendidas pela Força Nacional, não sendo incluídas as praias atendidas pelos bombeiros potiguares.

No RN, a Força Nacional conta, atualmente, com um efetivo de 52 Bombeiros Militares, dentre esses 3 oficiais e 49 praças, distribuídos em 12 pontos estratégicos do litoral potiguar. Os locais escolhidos para implantação das bases da Força Nacional no litoral observam diferentes necessidades, como a limitação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), frequência de banhistas, os perigos existentes devidos as correntes de retorno e arrecifes, entre outros.

A secretária estadual da Segurança Pública, Kalina Leite, elogiou a atuação dos Guardas Vidas da Força Nacional e disse que a parceria com os bombeiros do RN tem conquistado resultados surpreendentes.

“As estatísticas registradas em nosso litoral desde a Operação Verão até o fim do mês de abril demonstram que o método de trabalho executado está sendo muito eficiente, pois os registros dos atendimentos em sua grande maioria está relacionado com a atividade de prevenção. Neste período não foi registrado nenhuma morte por afogamento nas áreas monitoradas pelos bombeiros, ficando claro que o afogamento ocorre quando há alguma falha nessa prevenção, causada na maioria dos casos por fatores alheios ao Guarda-Vidas”, disse Kalina Leite.

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s