A Nota de Matemática

A Nota de Matemática

 

 

* Por Whit Criswell

“Um garoto de 10 anos, aluno da rede escolar pública, descobriu que a matemática da quinta série estava se tornando o desafio da sua vida. Ciências? Moleza! Geografia? Fácil demais. Gramática? Ahaa! Simples! Mas Matemática? Era devastadora! Não que seus pais não estivessem fazendo todo o possível para ajudar o filho: professores particulares, colegas de classe, CDs, livros – nada funcionava.

“Finalmente, diante da insistência de um amigo da família, os pais decidiram matricular o filho numa escola particular. Não uma escola particular qualquer, mas uma escola particular católica. Chegou então o primeiro dia de aula na nova escola. Trajando uma camisa branca, o jovenzinho se aventurou rumo ao grande desconhecido. Quando voltou para casa naquela tarde, o garoto passou direto por seus pais e entrou em seu quarto, fechando a porta. Durante duas horas, o menino trabalhou arduamente em suas tarefas. Ele saiu do quarto bem a tempo para o jantar, após o que subiu novamente as escadas e continuou estudando diligentemente até a hora de dormir.

“Este mesmo padrão se repetiu dia após dia, até que chegou o momento do primeiro boletim. Naquele dia, o garoto chegou em casa, deixou o envelope sobre a mesa de jantar e novamente se encaminhou para o seu quarto para fazer seu dever de casa. Seus pais abriram o envelope e, para sua surpresa, viram uma nota “10” em Matemática. Super felizes, eles correram para o quarto do filho, entusiasmados com o seu progresso.

– “Isto se deve às freiras?”, perguntou o pai. “Não”, respondeu o menino.

– “Foram as orações antes das aulas?”, perguntou a mãe. “Não”.

– “Os novos livros? O professor? O currículo?”, perguntou novamente o pai.

“Nada disso”.

– “Bem, então, o que foi?”, perguntou a mãe.

– “Olhe, foi assim. Quando eu cheguei naquele primeiro dia de aula e vi aquele homem pregado no sinal de mais (+), entendi que eles ali falavam a sério!”

Amigos, Deus realmente fala a sério. E o assunto dEle é VOCÊ. Ele o ama de tal modo que deu Seu único Filho para morrer em seu lugar. Ele foi crucificado numa cruz. Mas a celebração não está no fato dEle estar ainda pendurado no “sinal de mais” (a cruz), mas sim que Deus teve poder para derrotar a morte e Ele demonstrou isso ressuscitando-O.

E então, como anda a sua Matemática? Vida mais morte = ? Deus quer que você obtenha 100% de aprovação neste teste. Ele já nos deu a resposta. Jesus fez também a Marta esta pergunta (e deu-lhe a resposta) em João 11:25-26: “… Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Você crê nisso?”. Esta é a pergunta que hoje Jesus faz a cada um de nós.

* Whit Criswell é um ex-banqueiro, instrutor e homem de negócios, que conhece o desgaste e as pressões do meio empresarial.

 

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s