Número de igrejas pode diminuir no país

O registro oficial de uma igreja requer 500 assinaturas

24 Central_Asia_2016_0250100763

O Quirguistão não está entre os 50 países da Classificação da Perseguição Religiosa, mas alcançou uma pontuação que o deixou na 58ª posição esse ano. Atualmente, os cristãos de lá estão preocupados com os novos projetos legislativos sobre religião, que estão sendo discutidos pela liderança do país. Fora isso, o Parlamento quirguiz votou contra um projeto de lei que não permitia às ONG’s no país de receberem financiamento estrangeiro.

Ativistas alertaram e disseram que o projeto era discriminatório e contrário aos padrões internacionais de direitos humanos. O mesmo já aconteceu na Rússia, quando Putin eliminou toda influência estrangeira no país, em 2015. Antes ainda, em 2012, o governo russo chegou a exigir que as ONG’s fossem registradas como “agentes estrangeiros”, o que os caracteriza como “espiões”. Esse tipo de posicionamento sustenta cada vez mais a ideia de um regime fechado, o que por sua vez, abre uma brecha para a perseguição religiosa no país.

Se o Quirguistão seguisse o exemplo da Rússia, as consequências seriam as mesmas: fechamentos de várias organizações, em especial as cristãs, e as que permanecessem seriam mais discriminadas e vigiadas. O fato do projeto de lei ter sido rejeitado é uma vitória para os cristãos locais. Por outro lado, de acordo com os relatórios da Portas Abertas, para haver o registro oficial de uma igreja já eram necessárias 200 assinaturas e esse número aumentou para 500, o que significa que o número de igrejas cristãs oficiais pode diminuir bastante. Ore por essa nação.

 

FonteRadio Free Europe

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s