Reunião discute medidas de segurança para os clássicos entre ABC e América

 

Com a aproximação de mais um clássico entre ABC e América – os clubes se enfrentam no próximo sábado (23) no Frasqueirão – os órgãos públicos já se planejam para garantir um esquema especial de segurança.

Nesta terça-feira (19), representantes da Polícia Militar (PMRN), Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), dos dois clubes e do Juizado do Torcedor, se reuniram no Complexo Judiciário, em Natal, para discutir estratégias para trazer mais tranquilidade nos dias dos jogos na capital.

Considerando os recentes incidentes registrados nos últimos clássicos realizados no Frasqueirão, a Polícia Militar defendeu algumas alterações, dentre elas se destacam as seguintes: torcida única nos jogos; todos os clássicos sendo realizados na Arena das Dunas; proibir a venda de ingressos no Frasqueirão nos dias dos jogos; relocar os ambulantes da frente do estádio.

Como o próximo encontro entre os clubes já acontece sábado, as mudanças estão sendo planejadas para os futuros clássicos. O plano de segurança para a partida deste final de semana será divulgado até sexta-feira (22) pela Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

O juiz Agenor Fernandes, coordenador do Juizado do Torcedor, achou as propostas pertinentes, mas afirmou que ao mesmo tempo que o ABC não pode ser prejudicado, o clube precisa tomar atitudes para garantir a segurança durante o Clássico Rei. “O ABC tem que mostrar que está tomando as medidas preventivas necessárias para que futuramente o clube não sofra nenhum prejuízo”, disse.

Anúncios

Sesed visita escolas de Parnamirim e estimula o envolvimento da comunidade na proteção do patrimônio

Sesed visita escolas de Parnamirim e estimula o envolvimento da comunidade na proteção do patrimônio

Buscando garantir uma maior tranquilidade aos profissionais da educação e estudantes da rede ensino de Parnamirim, profissionais da Secretaria de Estaddo da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) estiveram na tarde desta terça-feira (19) visitando algumas das regiões com unidades escolares no município. Entre as ações realizadas, o grupo se reuniu com diretores e professores da Escola Municipal Maria Fernandes Saraiva, que neste fim de semana também sofreu atos de vandalismo, tendo danificada a porta de entrada, lâmpadas e esvaziada a caixa d´agua.

Na ocasião, o secretário adjunto da Sesed, Caio Bezerra e o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), Tenente Coronel Dimas Vivente, orientaram os profissionais quanto a medidas de segurança interna e garantiram uma intensificação do patrulhamento na área externa das unidades e ações de investigação para identificar e prender os responsáveis pelos atos criminosos.

A Segurança Pública agirá com rigor contra qualquer ato de vandalismo causado contra o patrimônio público. Para combater esse problema, os funcionários das escolas, alunos e pais interessados devem também empregar medidas preventivas de colaboração aos órgãos de segurança. É importante que as pessoas de bem da comunidade se envolvam neste debate a fim de discutir soluções permanentes. A Secretaria Municipal de Educação precisa abordar a violência nas reuniões de pais e promover palestras preventivas com as famílias. Isso sim poderá fazer a diferença”, disse o secretário adjunto da Sesed.

A preocupação com atos de vandalismo na rede pública de ensino se tornou mais evidente nos últimos dias com ações lamentáveis de depredação e furto de materiais da Escola Municipal Limírio Cardoso Dávila, em Parnamirim, onde até o presente momento uma pessoa já foi detida acusada de furto qualificado e depredação e outras dez pessoas identificadas por envolvimento nos atos de vandalismo. Grande parte do material levado da unidade também já foi recuperado pelas forças de segurança tais como grades, telhas, cobertura de pvcs, portões, tubulações, vaso sanitário, cadeiras, material de expediente, entre outros.