TJRN inaugura sistema de vigilância e nova sede dos Juizados da Violência Doméstica nesta segunda (8)

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande, desembargador Claudio Santos, inaugura nesta segunda-feira (8) duas iniciativas que irão propiciar a melhoria nos serviços prestados pela Justiça potiguar. Às 9h, será inaugurada a Sala de Segurança e o sistema de videomonitoramento do Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, um investimento de R$ 1 milhão que trará vigilância mais eficiente ao prédio que abriga 70 Varas da Justiça na capital. Às 10h, será inaugurada a nova sede dos Juizados da Violência Doméstica em Natal. A unidade está situada na Rua Ataulfo Alves, 1937, em Candelária. De fácil acesso, a sede irá oferecer um atendimento centralizado para as mulheres vítimas de violência, além de facilitar o trabalho das duas unidades especializadas.

Segurança

O sistema instalado no Fórum Seabra Fagundes compreende um conjunto de programas e equipamentos de tecnologia moderna, abrangendo 86 câmeras HD e FULL HD, além de uma sala de monitoramento com terminais de vídeo de alta definição. Todos os equipamentos serão conectados à Central de Segurança do Poder Judiciário, sediada no TJRN, que terá funcionamento 24 horas.

“Este é mais uma iniciativa planejada pela atual gestão e entregue ao Poder Judiciário, projeto que não servirá apenas para melhorar as condições de segurança para o trabalho de magistrados, promotores, servidores e advogados mas também dos cidadãos que precisam frequentar aquele local, por meio de implantação de um avançado sistema de segurança eletrônica”, enfatiza o desembargador presidente do TJ potiguar.

Esta instalação, segundo informações do Gabinete de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça do RN, é a primeira integrante do projeto de segurança eletrônica do Judiciário potiguar, que irá implantar modelos semelhantes em outras seis unidades até outubro, com um investimento total de R$ 3,4 milhões, em recursos próprios do TJ. Os demais prédios a receberem o sistema serão: o edifício sede do Tribunal, Central de Flagrantes da Ribeira, Fórum Varela Barca (Zona Norte), Fórum Desembargador Silveira Martins (Mossoró) e o Fórum Desembargador Félix de Araújo Bezerra Galvão (Nísia Floresta).

Juizados

A inauguração da sede dos Juizados da Violência Doméstica se dá um dia após o aniversário de 10 anos da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006) e integra a programação da 5ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, evento que busca envolver a sociedade na discussão do combate à violência contra a mulher.

A juíza Socorro Pinto, titular do 1º Juizado da Violência Doméstica de Natal, ressalta que o espaço único irá facilitar o trabalho das duas unidades, que contam hoje com quase 5.700 processos em tramitação.

O imóvel foi totalmente adaptado para receber os serviços do Judiciário e contará também com salas destinadas ao Ministério Público e a Defensoria Pública, oferecendo um atendimento centralizado para as mulheres vítimas de violência.

A juíza Fátima Soares, da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJRN, destaca ainda a localização da nova sede, situada em uma região central, com ampla oferta de transporte público, facilitando o acesso para as mulheres que precisarem recorrer ao Judiciário. O imóvel também conta com acessibilidade em suas dependências.

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s