PARALISAÇÃO COOPMED

A Secretaria de Estado e da Saúde Pública (Sesap) negociou com médicos estatutários e montou um plantão em situação emergencial para que, diante da paralisação das atividades dos profissionais da Coopmed que atuam no Hospital Walfredo Gurgel e no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, os serviços prestados à população não fossem prejudicados.
Foram mobilizados para a noite desta quarta-feira (17) um clínico para atender somente as emergências, três ortopedistas para fraturas expostas, dois cirurgiões para traumas graves e um cirurgião vascular de sobreaviso. As demais especialidades não foram afetadas com a paralisação da cooperativa.
A secretária Dra. Eulália Alves foi se reunir com o governador Robinson Faria e representantes da Coopmed para tentar solucionar o problema junto a cooperativa.
Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s