Especialidade de Deus

O altar de Deus tinha de ser construído com pedras toscas, de modo que nem habilidade nem labor humano fossem vistos nele. Isso é interessante, porque o coração orgulhoso do homem anela ter parte na justificação da alma diante de Deus. De todas as formas é feita alguma tentativa de manejar ferramentas humanas no altar divino. Seria bom se os pecadores lembrassem que longe de tornar perfeita a obra do Salvador, suas confianças carnais apenas a profanam e desonram.
Que a nossa consciência seja que somente o Senhor, seja exaltado na obra da expiação; e não será tolerada nem mesmo a mais insignificante marca do martelo e do formão humanos. Por favor, não tente ajudar a Deus, naquilo que Ele é especialista. A perfeição…

Pesquisa de professor do IFRN gera incremento financeiro de mais de 13 milhões na comercialização de minério

17/08/2017 – Com patrocínio da CAPES, Eletronics Design Center/Nasa, Cleonilson Mafra estudou nióbio e tântalo. Trabalho poderá gerar ainda 9 patentes

 

O nióbio (columbita) é um elemento químico utilizado principalmente na produção de tubos condutores, a fim de conferir melhoria a produtos de aço. Ele é bastante parecido com o tântalo (tantalita). O Brasil hoje possui, aproximadamente, 98% da reserva mundial de nióbio e 70% de tântalo. No Rio Grande do norte, a maior concentração dos minérios está na região Seridó. Foi essa informação que despertou o primeiro interesse do hoje professor do IFRN Cleonilson Mafra, quando ainda estava na graduação. “Se temos quase toda a reserva mundial dos minérios, por que não pesquisá-los?” – foi isso que perguntou a sua professora.

Durante seus estudos, Mafra descobriu que o país exporta o material em sua forma bruta, principalmente para China, Japão e Estados Unidos, arrecadando cerca de R$3.200 por cada tonelada. Já o quilo dos óxidos de nióbio e tântalo comercial, com 98% de pureza, chegava ao valor de exportação de R$ 19 mil. E se conseguíssemos purificá-lo totalmente? Foi com essa inquietação que o professor do Campus Nova Cruz do IFRN partiu para o doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais da UFRN. “Eu me lancei o desafio de purificar 100% estes minerais que são as principais fontes de nióbio/tântalo. Os professores me diziam que era impossível, que não havia método para isso. Pois eu vou descobri-lo até porque o impossível não existe, pois eu vou lá e faço ser possível, foi o que respondi”, revelou o pesquisador.

No início da pesquisa, ainda no Brasil (instalações da UFRN e IFRN com recursos da CAPES), ele conseguiu obter a purificação total destes minerais com reagentes de baixo custo e ao final da investigação, com passagem pela Case Western Reserve University (CWRU), através do doutorado sanduíche custeado pela CAPES/Ciência sem Fronteiras, sob orientação do professor Chung Chiun Liu, no Centro de Pesquisa Electronics Design Center (EDC), Mafra conseguiu o que disseram ser impossível.

Com o apoio de recursos financeiros da National Aeronautics and Space Administration (NASA), ele desenvolveu aplicações para utilizar esses óxidos, obtidos pelo processo da purificação total da columbita/tantalita, como catalisadores para reações de oxidação do metanol e etanol. Devido à excelência observada nos experimentos realizados, estes materiais poderão substituir o ouro ou platina que são utilizados como catalisadores hoje na indústria, pois ultrapassou em até duas ordens de grandeza a corrente gerada pelo ouro nessas reações.

“Essa foi uma das grandes inovações descobertas pela pesquisa. Além disso, os novos catalisadores gerarão energia de forma mais limpa e eficiente. Dessa forma, essa é uma contribuição para o desenvolvimento científico e tecnológico de novos materiais que apresenta um alto impacto na economia do estado e do país”, explica o professor.

 

RESULTADOS

A tecnologia desenvolvida permite a transformação da tonelada bruta dos metais em aproximadamente 750 kg de óxidos puros. Em moeda brasileira, isso chega a um valor aproximado de treze milhões e quinhentos mil reais. Ou seja, ao invés de o Brasil exportar uma tonelada da matéria-prima bruta por R$3.200, poderá, através do processo desenvolvido, exportar 750 Kg de um produto de alta pureza por treze milhões e quinhentos mil reais. Como o tântalo e nióbio são utilizados em diversas aplicações, como subprodutos de capacitores, lentes de câmeras, películas para foguetes aeroespaciais e outros, a descoberta poderá incrementar bastante as exportações brasileiras voltadas a setores industriais.

Além disso, em parceria entre IFRN e UFRN, a pesquisa poderá gerar nove patentes, sendo oito de produtos e uma de processo. As inovações já foram comprovadas e o pedido encontra-se em fase final para ser submetido ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

 

PESQUISA

Cleonilson Mafra realizou seu doutorado por meio do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da UFRN, sob orientação do professor Carlson Pereira de Souza e Uílame Umbelino Gomes. O trabalho teve como objetivo a purificação total do mineral de base, a columbita/tantalita, através de uma rota alternativa de síntese de eletrocatalisadores para reações de oxidação do metanol e etanol a serem aplicados em células a combustível.

 

Mafra salienta a participação do IFRN, em especial o Campus Nova Cruz, em seu processo de pesquisa: “Poder contar com a estrutura e apoio do Instituto foi de fundamental importância. Aqui fiz vários dos testes que precisava. Na UFRN, eu teria que dividir o laboratório com mais de 20 outros estudantes e isso tornava mais lenta a evolução do meu trabalho. O IFRN é uma paixão, eu amo ser professor aqui e, agora, tenho também uma dívida de gratidão com a Instituição”, contou o professor, com largo sorriso no rosto.

 

A defesa do doutorado do professor Mafra aconteceu no último dia 31 de julho e, em virtude de ser um trabalho que engloba diversas áreas, estiveram presentes professores da Engenharia Química, Físico-química, Física, Geologia e Engenharia de Materiais.

 

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação Social e Eventos

Reitoria | IFRN

(84) 4005-0757

Técnicos da Senasp virão a Natal na próxima semana

Secretária de Segurança e Comandante Geral entregaram documento pedindo investimentos na ordem de R$ 300 milhões.
A secretária da Segurança do Rio Grande do Norte, Sheila Freitas, e o Comandante Geral da Polícia Militar, Osmar Oliveira, participaram nesta quinta-feira (17), de uma reunião com os parlamentares da bancada federal e o presidente da República, Michel Temer, no Palácio da Alvorada, em Brasília, para discutir  investimentos na segurança do Estado. O chefe do executivo federal garantiu que técnicos da Secretaria Nacional de Segurança Pública estarão em Natal, próxima semana, para avaliar o aumento do efetivo da Força Nacional.
Durante o encontro, a secretária demonstrou os problemas que tem encontrado nas forças de segurança, principalmente no que diz respeito ao efetivo das corporações. Sheila ainda entregou ao presidente uma cópia do ofício enviado pelo governador Robinson Faria ao Ministério da Justiça, onde são detalhadas as principais necessidades de investimentos no setor. São recursos na ordem de R$ 300 milhões para Segurança e o Sistema Prisional.
“Ficou acordado que na próxima semana técnicos da Senasp irão até Natal para analisar a possibilidade de aumentar o efetivo da Força Nacional. O presidente também se comprometeu em enviar equipamentos, como viaturas e coletes, para cumprir o pacto que o Rio Grande do Norte fez com o Ministério da Justiça ”, destacou Sheila Freitas.
Para Coronel Osmar, o encontrou foi proveitoso. “Mostramos a realidade da segurança publica do RN e tudo o que a Corporação, como uma grande equipe, tem feito para reduzir os índices de criminalidade. Nosso efetivo tem se esforçado, mesmo diante das dificuldades”.

Campanha “Universitário Bom de Sangue” incentiva doação voluntária  

A campanha “Universitário Bom de Sangue”, desenvolvida pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Potiguar (UNP), em parceria com o Hemonorte, ressalta a importância da doação voluntária de sangue.

A campanha acontece em todas as unidades da UNP nesta quinta-feira (17) e prossegue até o final deste mês.  De acordo o estudante de Engenharia Civil e Presidente do DCE/UNP, Ewerton Weber, o objetivo da campanha é mostrar como é fácil ser doador e o quão importante é a doação regular de sangue. “Juntamos grandes parceiros para criar uma gincana na universidade para incentivar e motivar os alunos a se unirem e convidar os amigos e familiares para participar da campanha”.

Para o Diretor Geraldo Hemonorte, Rodrigo Vilar, “manter os estoques equilibrados representa um grande desafio diário, pois a quantidade de pessoas que doam, tem sido insuficiente para atender a todas as demandas transfusionais”.

Podem doar sangue pessoas saudáveis entre 16 e 69 anos de idade              (quem for menor de 18 anos precisa de autorização prévia do responsável legal), pesar acima de 50kg, repouso mínimo de 6 horas na noite anterior, evitar alimentos gordurosos antes da doação, não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores e portar um documento oficial com foto.

As doações em Natal poderão ser realizadas no Hemonorte (Av. Alexandrino de Alencar, 1800, Tirol, próximo ao Parque das Dunas/Bosque dos Namorados) – de segunda a sábado, das 7h às 18h; Posto Fixo de Coleta da Zona Norte (Biblioteca Américo de Oliveira Costa – Av. Itapetinga, 1430 – Conjunto Santarém) – de segunda à sexta, das 8h às 17h e sábado de 8h às 12h.

Porque a Ira Faz Parte

Você, certamente ja teve algum momento de ira. É pecado? não. A biblia diz:”Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.” Efésios 4:26. A ira nem sempre constitui pecado, mas se você não vigiar, ela possui uma tendência de levar-nos ao pecado. Quando ela aparece é bom analisa, antes de tomar qualquer decisão. Verifique se é razoável essa ira. Estamos corretamente irados quando direcionamos nossa fúria contra a permanência na tolice, depois de recebermos tantas instruções divinas; ou contra outros, quando a única causa da ira é o mal que eles fazem. Aquele que não se ira contra a transgressão se torna participante dela. O pecado é uma coisa detestável e horrenda, e nenhum coração nascido de novo pode tolerá-lo pacientemente. Então, chegamos a essa conclusão. Você pode se irar, mais antes de qualquer atitude, pense bem, pra que, dela não germine o pecado e ai as consequência pode ser trágicas….
Chegou a sexta… Vida que segue

Unicat começa a ser reabastecida

A Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) começa a ser reabastecida. De acordo com Marlene Pereira, diretora da Unicat, a unidade vem recebendo vários itens, tanto para rede hospitalar quanto para o Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF).

Isso está sendo possível devido ao desafogo com o recebimento da primeira parcela dos R$ 150 milhões prometidos pelo Governo Federal diante do Decreto de Calamidade na Saúde, assinado pelo governador Robinson Faria no mês passado.

Segundo a Coordenadoria Financeira (COF) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) a Secretaria está pagando os fornecedores de medicamentos com recursos da Fonte 100 e algumas outras compras com recursos da Fonte 160 (Governo Federal).

“Como os recursos da primeira parcela – R$ 50 milhões – que vieram do Governo Federal está desafogando a Sesap na Fonte 100, se tem dinheiro para pagar os fornecedores”, disse Amanda Rodrigues Guimarães de Aquino, da COF.

Sindicatos e centrais farão ato pelo Fora Temer e as reformas